Cientista político desconfia de que Bolsonaro planeja golpe

Articulista da Folha de São Paulo vê que crise do PSL possa possibilitar mudanças ainda mais profundas no governo

O cientista político Celso Rocha de Barros crê, colunista da Folha de São Paulo que Bolsonaro quer criar partido à sua imagem e semelhança para solapar a democracia.

Segundo ele, se Bolsonaro tentar se filiar a um partido tradicional (como o DEM ou o PSDB), sinalizaria que pretende governar dentro da democracia até o final, mas a articulação de criar um novo partido só com os “bolsonaristas” não teria a governabilidade necessária para governar democraticamente com as instituições.

O cientista lembra que a ideia de formar um “partido bolsonarista” não é uma ideia nova, mas começou quando “deputados do PSL foram aproveitar uma boca-livre na China e foram chamados de traidores por Olavo de Carvalho. Desde então Eduardo Bolsonaro pensa em uma nova agremiação” afirma a coluna.

Se isso se concretizar seria a prova mais concreta de que Bolsonaro não está interessado em governabilidade, mas sim em destruir a democracia brasileira. Sem vocação para “rainha da Inglaterra”, que reina mais não governa, Bolsonaro tenderia a fechar as instituições e tentar governar com mãos de ferro.

Ainda segundo o colunista, as falas de anos do presidente contra as instituições democráticas e em louvor de ditadores nos permite pensar em tal cenário como uma possibilidade real, não como uma mera fantasia da oposição.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s